Sindilojas RioTelefone
   
 
Novidades
Busque no site
 
 
CapaSindilojas RioCentral do AssociadoServiçosConvêniosInformaçõesRevistaImprensaContato
Capa
 
Informações      
Mural
Notícias
Perguntas Frequentes
Downloads
Links Úteis
 
18/07/2019
Palestras e homenagens marcam o Dia do Comerciante
 

Para celebrar o Dia do Comerciante, comemorado em 16 de julho, data de nascimento do Visconde de Cairu, Patrono do Comércio no Brasil, o SindilojasRio e o CDLRio promoveram uma palestra com o economista Antonio Everton Jr., representante da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo – CNC no Fórum Permanente das Micro e Pequenas Empresas do Ministério da Economia e autor de livros sobre o tema.

A palestra “As micro e pequenas empresas e a conjuntura econômica atual”, realizada nesta quinta-feira, 18 de julho, no auditório do SindilojasRio, reuniu representantes de entidades parceiras, como a ACRJ e o Sescon-RJ, empresários lojistas e profissionais do comércio. O economista Antonio Everton Jr apresentou um panorama atual das MPEs no Brasil, destacando ações que vêm sendo desenvolvidas no âmbito do Fórum, como as relacionadas a melhorar e a facilitar o acesso ao crédito.

Ao abrir o evento do Dia do Comerciante, o presidente do SindilojasRio e do CDLRio, Aldo Gonçalves, ressaltou que “o comércio, que gera tantas oportunidades, postos de trabalho, renda e riqueza, é a grande força motriz que promove a prosperidade social e econômica das nações, dos estados e das cidades”. Ele também destacou a importância e a força da representatividade e do associativismo para enfrentar e vencer os gigantescos desafios do Comércio diante do momento ainda difícil do Brasil e, em particular, do Rio de Janeiro.


Antes da palestra sobre as MPEs, Oséas Guerra, representante da Cloudged Tecnologia da Informação, em parceria com o Escritório Monteiro & Monteiro Advogados Associados, fez uma apresentação especial sobre ação conjunta, que está sendo desenvolvida com o SindilojasRio, visando à recuperação de tributos pagos a mais por empresas enquadradas no Simples Nacional.


No encerramento do evento foram homenageados dois dos colaboradores mais antigos do SindilojasRio, que aposentaram-se recentemente: o jornalista Luiz Bravo, editor da Revista O Lojista nas últimas décadas e assessor da Diretoria, e a senhora Maria de Lourdes Gonçalves, chefe da Secretaria da entidade. Em nome da diretoria do sindicato, o presidente Aldo Gonçalves e o vice-presidente Julio Piña Rodrigues (foto) entregaram placas comemorativas aos dois, enaltecendo tantos anos de dedicação e empenho em prol do SindilojasRio.


 
 
 
17/07/2019
Um cemitério de lojas no Centro do Rio
 
Com este título, Ancelmo Gois destacou a atual situação da Avenida Marechal Floriano em sua coluna, no jornal O Globo, na última segunda-feira. Leia abaixo:

A tradicional Avenida Marechal Floriano, que sempre foi uma área de comércio vibrante do Centro do Rio com o seu casario colonial, vive vazia. Por ali, desde dezembro de 2018, está finalizada a Linha 3 do VLT. As obras que duraram o ano passado todo machucaram os lojistas locais, que esperavam ansiosos a movimentação dos bondinhos com gente circulando entre Santos Dumont e a Central do Brasil. Todos os testes foram feitos para a operação começar, só que a prefeitura ainda não liberou a autorização para a operação no trecho.

A via histórica virou um cemitério de lojas: "Nosso faturamento caiu 50%. Estou há uma década lá e tínhamos a esperança de que, com a reabertura da via, o prejuízo fosse recuperado. Preparamos até festa para a reinauguração. Só que o prefeito prefere ter camelôs na cidade que comércio aberto", lamentou Roberto Cury, proprietário da tradicional loja Mala Ingleza e vice-presidente de Relações Institucionais do SindilojasRio.
 
 
 
17/07/2019
Treinamento de Designado da CIPA - NR 5
 
 
 
 
 
16/07/2019
Dia do Comerciante
 
 
 
 
 
11/07/2019
Venda de livros cresce pela primeira vez em meio à crise
 

Um relatório feito pela Nielsen apontou que a venda de livros cresceu cerca de 4% pela primeira vez no Brasil em meio à crise do setor. O período analisado pelo estudo vai de maio a 16 de junho e compara com o mesmo intervalo do ano passado.

Na comparação os números, pela primeira vez em 2019, ficaram no azul. O faturamento saltou de R$ 107,9 milhões para R$ 112,6 milhões com aumento de 4,37%. Foram 2,85 milhões de exemplares vendidos registrando crescimento de 2,24% em comparação com o ano passado, quando foram vendidas 2,78 milhões de cópias.

No acumulado do ano, a venda de livros nos estabelecimentos monitorados pelo instituto de pesquisa ainda está no vermelho, com queda de 14,5% em faturamento e de 15,07% em volume.

Fonte: Portal NOVAREJO



 
 
 
Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 »
 
Contribuições
Obrigações do Mês
Associe-se
Convênios
 
Revista
 
         
 
   
Sindilojas Rio
Telefone

Rua da Quitanda, 3 - 10º, 11º e 12º andares
Centro Rio de Janeiro RJ
CEP 20011-030