Sindilojas RioTelefone
   
 
Novidades
Busque no site
 
 
CapaSindilojas RioCentral do AssociadoServiçosConvêniosInformaçõesRevistaImprensaContato
Capa
 
Informações      
Mural
Notícias
Perguntas Frequentes
Downloads
Links Úteis
 
22/11/2019
Intenção de consumo tem quarta alta consecutiva em novembro
 
A intenção de gastos das famílias brasileiras continua em crescimento em novembro. O índice Intenção de Consumo das Famílias (ICF), medido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), apresentou a quarta alta seguida, com aumento de 1,3% em relação a outubro, chegando a 95,2 pontos. Na comparação com novembro de 2018, a evolução chegou a 8,7%.

O resultado positivo reforça a confiança dos consumidores e indica que as famílias estão suscetíveis a comprar mais. Ao contrário do primeiro semestre, quando a intenção de compras oscilou, com as famílias se mostrando cautelosas e reticentes, a economia tem dado sinais de reativação nos últimos meses, influenciando positivamente as projeções de crescimento econômico para 2019, bem como a propensão de gastos. “A boa performance do ICF em novembro está em linha com os bons sinais recentes da economia, proporcionados por fatores como inflação descendente, acréscimo de renda com os saques do FGTS e do PIS/Pasep, relativa segurança no emprego, juros primários tendentes para baixo, além do recebimento do 13º salário”, ressalta José Roberto Tadros, presidente da CNC.

Os subindicadores Momento para Duráveis (4,5%), Perspectiva de Consumo (2,3%), Renda Atual (1,4%) e Emprego Atual (1,0%) puxaram a alta do ICF em novembro, com os melhores desempenhos na comparação mensal. Com exceção de Compra a Prazo (0,0%), todos os subindicadores apresentaram crescimento.

Os índices Momento para Duráveis (18,9%) e Perspectiva de Consumo (12,4%) também se destacaram no comparativo anual. “As famílias permanecem com desejo de comprar eletroeletrônicos e eletrodomésticos, impulsionadas, possivelmente, pela Black Friday. Somam-se a isso as condições de compra através do parcelamento, uma vez que pode haver espaço no orçamento para aquisições financiadas”, indica Antonio Everton, economista da CNC responsável pelo estudo, ressaltando que, apesar do aumento das intenções de compra de produtos duráveis, as famílias seguem endividadas.

Mesmo não crescendo tanto quanto os demais subindicadores, Emprego Atual (com variação de 1,0% sobre outubro) chegou a 117,8 pontos, se consolidando como o maior dos índices aferidos pela pesquisa. Juntamente com Renda Atual (111,8) e Perspectiva Profissional (106,2), os três formam o grupo de componentes do ICF acima de 100 pontos – que representa a linha da satisfação.

Diferença regional

Regionalmente, a intenção de gastos se distribuiu de forma desigual. Enquanto as famílias no Sudeste apresentaram maior disposição para consumir (3,3%), as do Norte (0,6%) e do Sul (0,4%) não demonstraram a mesma intensidade. As residentes no Nordeste (-0,5%) e Centro-Oeste (-1,8%) se mostraram receosas. Apesar das diferenças mensais, o ICF aumentou em todas as regiões no comparativo anual. Nesse recorte, as famílias nortistas (14,5%) e do Sudeste (11,0%) foram as que apresentaram as maiores altas.

Em relação aos os subindicadores que refletem o mercado de trabalho, a região Sudeste apresentou as maiores elevações: Renda Atual (3,4%) e Emprego Atual (2,7%).

Fonte: CNC
 
 
 
 
13/11/2019
Monte a vitrine perfeita para o Natal
 

A vitrine é um dos aspectos mais relevantes para o sucesso de uma loja física, principalmente no Natal, que é uma excelente época para contar histórias, já que a data é cercada de emoções e simbolismos. Porém, muitas lojas se preparam para o Natal da mesma maneira que muitas pessoas fazem em casa, ou seja, buscando as mesmas ideias e enfeites de sempre, que ficam guardados em uma caixa de um ano para o outro.

Pensando em auxiliar os lojistas a produzirem melhor suas vitrines para o Natal de 2019, a revista O Lojista, em sua última edição, entrevistou Luiza Issler, arquiteta com especialização em Visual Merchandising pelo IED-SP, cofundadora e diretora criativa da Vitrine Perfeita, canal on-line que ensina lojas pequenas e médias a atraírem mais clientes, se destacarem e aumentarem as vendas, de forma simples e descomplicada.

Para Luiza, cada vez mais o varejo precisa se preocupar com a experiência do cliente dentro da loja. “A Vitrine Perfeita criou uma hashtag que resume muito bem isso: #tudoévitrine. Ou seja, tudo que a loja/marca faz é uma vitrine para o cliente e gera nele uma sensação. É necessário cuidar de todos os detalhes, seja no atendimento, na ambientação, na organização da loja, etc. Se a loja conseguir surpreender e a sensação for positiva, o cliente se tornará um fã da marca. A estratégia de oferecer um mimo de Natal é uma excelente maneira de conquistar o cliente. Afinal de contas, quem não gosta de ganhar presentes?”, afirmou a especialista.

O canal criou também o “Natal Fora da Caixa”, um treinamento on-line com ideias criativas e práticas, inspiradas nos 12 símbolos de Natal. Ele foi feito para as pessoas do varejo que não querem ficar horas quebrando a cabeça, tentando fazer a loja se destacar no período mais próspero do ano. Para saber mais, acesse: vitrineperfeita.com.br/cursos/natal-fora-da-caixa/

Confira a entrevista com a arquiteta Luiza Issler:

OL: Qual é a importância das vitrines para atrair os consumidores no Natal?

LI: A vitrine serve como termômetro para o cliente, tanto para avisar que a data está chegando quanto para mostrar que a variedade de produtos está acabando e chegou a hora de garantir a sua conversa com o “bom velhinho”! O que eu quero dizer é que as vitrines ajudam a lembrar o cliente que a data mais importante do varejo está chegando, uma vez que a maioria das lojas monta as suas vitrines após o feriado de 15 de novembro. À medida que o tempo passa e a data da celebração do Natal se aproxima, as vitrines começam a ficar mais vazias. Isto serve de alerta para mostrar que as opções estão acabando, chamando o cliente para a loja, pois gera uma sensação de escassez. A vitrine é um instrumento fundamental de comunicação com o cliente em todas as épocas do ano e, principalmente, no Natal.

OL: O que fazer para atrair mais clientes, se destacar e aumentar as vendas?

LI: A vitrine deve funcionar como o trailer de um filme para a loja. Ou seja, ela deve mostrar um breve resumo daquilo que será encontrado pelo cliente. Isso não significa que tudo deve ser colocado na vitrine, mas, sim, uma seleção que mescle os melhores produtos junto com as demais opções que a loja tem para oferecer aos consumidores. A vitrine tem apenas três segundos para chamar a atenção. Informação demais pode causar um efeito contrário no potencial cliente e fazê-lo não se interessar pelo que está exposto. Menos é mais! Uma vitrine de sucesso é aquela que cuida muito bem de três pilares: estrutura, exposição de produto e comunicação. Eles estão presentes em toda e qualquer vitrine, não importa o tamanho, o segmento, o público-alvo ou o produto à venda.

OL: Existe alguma fórmula que possa ser utilizada?

LI: Para ter uma vitrine irresistível é necessário mesclar técnica e criatividade na medida certa. A melhor maneira de fazer essa mistura é seguindo os três pilares de uma vitrine de sucesso, aos quais me referi. O primeiro deles é a estrutura. Ela é o esqueleto da vitrine e vai permitir que as montagens futuras sejam muito mais simples e com mais alternativas, o que diminui significativamente os investimentos a cada mudança de vitrine. A exposição do produto é o segundo pilar e usa técnicas com o objetivo de Confira a entrevista com a arquiteta Luiza Issler: atrair olhares para a vitrine e valorizar os detalhes das mercadorias. Expor um produto é bem diferente de simplesmente colocá-lo na vitrine. O último pilar é a comunicação. Para que a vitrine possa se “conectar” com o cliente, ela precisa ser como um espelho. Quem a olha precisa enxergar-se no contexto apresentado ou usando o produto exposto.

OL: Pode nos contar um case de sucesso em vitrines de Natal? E o que foi determinante para o sucesso?

LI: Existem diversos cases de Natal, aqui no Brasil e pelo mundo afora. Os que mais fazem sucesso são aqueles que conseguem contar histórias capazes de despertar o lado lúdico do Natal. Um case muito bacana é de uma marca chamada Babylí, na cidade de Socorro, em São Paulo. Nos últimos dois anos eles fizeram uma campanha, criada pela visual merchandiser Lilian Monteiro, onde as vitrines de Natal da marca são a Fábrica do Papai Noel e que arrecadam brinquedos para doação. Além deste exemplo, muitas vitrines espalhadas pelas grandes cidades do mundo tornam-se verdadeiras atrações turísticas nesta época do ano. O investimento é alto e, certamente, isso acontece porque dá resultado.

OL: Gostaria de deixar uma mensagem para os lojistas que vão preparar suas vitrines para o Natal deste ano?

LI: O Natal é época de celebração, na qual nos reunimos com a família e estamos cheios de expectativas para o ano que está chegando. O lado emocional está muito em alta e é por isso que esta é uma oportunidade especial de conquistar o coração do seu cliente. Transforme a sua vitrine em um verdadeiro cartão de visitas e faça com que ela seja apenas o início de uma experiência inesquecível de Natal. Desejo que este seja um Natal de muitas vendas e de muita saúde e felicidade para todos os lojistas do Rio e seus familiares. Feliz Natal!
 
 
 
08/11/2019
Fisco Fácil - A malha fina do Estado
 
Lojistas do Rio devem ficar atentos ao sistema para evitar multas e até o cancelamento da Inscrição Estadual

Os lojistas do Rio precisam verificar, diariamente, as notificações e/ou informações da Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de Janeiro – Sefaz, acerca das questões tributárias de suas respectivas empresas, para evitar multas e outros problemas que podem acarretar até mesmo o cancelamento da Inscrição Estadual, o que impedirá a empresa de emitir notas fiscais.

O alerta foi feito pelo Sindicato dos Lojistas do Comércio do Rio de Janeiro - SindilojasRio, depois de identificar que empresas do comércio de varejo, principalmente as de menor porte, estão sendo multadas e até correndo o risco de ter sua Inscrição Estadual cancelada porque ainda desconhecem o Fisco Fácil ou não sabem como acessá-lo e proceder no sistema.

O Fisco Fácil foi implantado pela Sefaz, em 2017, com o objetivo de facilitar o dia a dia das empresas e proporcionar ao contribuinte estadual o acesso a serviços eletrônicos. No entanto, a obrigatoriedade de acessar o sistema, para verificar as ocorrências, não tem sido devidamente divulgada. O acesso ao Fisco Fácil é feito através do portal da Sefaz: www.fazenda.rj.gov.br

– Hoje, como a fiscalização é eletrônica, a visita presencial de um auditor fiscal não é necessária. Então, por desconhecimento do Fisco Fácil e por não saberem como utilizá-lo, muitas empresas do varejo lojista estão caindo na malha fina, só podendo contestar e/ou regularizar eventuais pendências quando a situação já se complicou, causando problemas burocráticos e prejuízos, explicou o presidente do SindilojasRio, Aldo Gonçalves.

Ele destacou que este alerta é ainda mais importante porque a Fazenda está dando início ao envio de avisos amigáveis a mais de 2 mil contribuintes, para que possam regularizar sua situação perante ao Fisco estadual, de acordo com a Resolução Sefaz publicada no último dia 24/10, no Diário Oficial do Estado. “O lojista precisa informar-se sobre o Fisco Fácil e buscar regularizar sua situação antes da ação fiscal, que pode levar a autos de infração e ações de cobrança ou representações ao Ministério Público”, recordou Aldo Gonçalves.

Para orientar e esclarecer empresários e gestores do comércio lojista sobre o sistema da Sefaz e suas funcionalidades, o SindilojasRio realizou em seu auditório, na última terça-feira (5/11), em parceria com a MG Treinamentos, a palestra “Fisco Fácil”, com a advogada tributarista Ana Cristina Martins, professora da Escola Fazendária do Estado do Rio de Janeiro e autora dos livros “Regulamento do ICMS/RJ anotado” e “Regulamento do ISS do Município do Rio de Janeiro anotado” (Ed. Lex).

Os comerciantes podem tirar dúvidas sobre o Fisco Fácil ligando para o setor Fisco-Tributário do SindilojasRio, de segunda a sexta, das 9h às 17h, pelos telefones (21) 2217-5045 ou 2217-5030.

Publicado no Jornal Monitor Mercantil no dia 7/11/2019

 
 
 
 
07/11/2019
CDLRio comemora 64 anos de bons serviços ao comércio
 

O CDLRio – Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro, fundador do SPC, está comemorando 64 anos de bons serviços prestados ao comércio.

Fundado em 7 de novembro de 1955, a criação do CDLRio é uma história de pioneirismo e determinação dos empresários lojistas e se constitui num dos exemplos bem–sucedidos entre as entidades de comércio do Brasil. Ao longo desses 64 anos a entidade preparou-se montando uma eficiente infraestrutura e dedicando especial atenção aos seus associados, a quem presta diversos serviços, colaborando para o fortalecimento do comércio lojista.

Os 64 anos do CDLRio é um acontecimento que tem amplitude nacional porque está intimamente ligada à fundação do Serviço de Proteção ao Crédito – SPC, considerado um marco e uma verdadeira revolução na história do sistema de crediário no Brasil. 
 
 
 
07/11/2019
Comércio presta homenagem à Aeronáutica
 

O Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro - CDLRio e o Sindicato dos Lojistas do Comércio do Rio de Janeiro, SindilojasRio, realizaram, nesta quarta-feira, 6 de novembro, seu tradicional evento por ocasião do Mês da Asa. A homenagem, ocorrida na sede do CDLRio e promovida desde 1970, reuniu autoridades militares e representativas da sociedade civil, além de empresários do comércio e de outros setores da economia fluminense.

Em sua saudação, o presidente do CDLRio e do SindilojasRio, Aldo Gonçalves, destacou a importância da Força Aérea Brasileira “na defesa dos interesses nacionais e, também, para a revitalização dos valores essenciais ao Estado”. Lembrando que o país, apesar das dificuldades, se esforça na busca para retomar o caminho do crescimento e do desenvolvimento. Gonçalves disse ainda que o Brasil tem pressa, precisa recuperar o tempo perdido, que tanto tem prejudicado os negócios e a vida das pessoas.

Agradecendo a homenagem prestada pelo comércio, o Major Brigadeiro do Ar Mauro Martins Machado, Diretor do DIRAP – Diretoria de Administração do Pessoal da Força Aérea Brasileira, ressaltou que a Aeronáutica está e continuará presente em todos os momentos importantes da História do Brasile dos brasileiros. Ele concluiu desejando que o evento comemorativo signifique, principalmente, a renovação da importante parceria entre a Aeronáutica e as entidades representativas do comércio em prol da sociedade fluminense.

Para marcar a homenagem o presidente Aldo Gonçalves entregou uma placa alusiva à data ao Brigadeiro Martins, que retribuiu o gesto presenteando as entidades do comércio com uma maquete do avião de caça Gripen.

Além do presidente do SindilojasRio e do CDLRio, Aldo Gonçalves, e do Major Brigadeiro do Ar Mauro Martins Machado, Diretor do DIRAP, formaram a mesa de honra o Vice Almirante Flavio Augusto Rocha, Comandante do 1° Distrito Naval; Major Brigadeiro da Reserva Marco Antonio Carballo Perez, Presidente do Clube de Aeronáutica; General de Brigada Sergio Schwingeel, Chefe do Estado Maior do Comando Militar do Leste; Brigadeiro do Ar Luis Renato de Freitas Pinto, Comandante da Escola de Comando e Estado Maior da Aeronáutica; Brigadeiro do Ar Maurício Ferreira Húpalo, Chefe do Subdeprtamento Técnico do Departamento de Controle do Espaço Aéreo;General de Brigada Sérgio José Pereira, Chefe da Seção de Relações Institucionais do Comando Militar do Leste; Desembargador Fabio Dutra, Presidente do Instituto dos Magistrados Brasileiros; Desembargador Roberto Guimarães, Vice Presidente dos Magistrados Brasileiros; e Julio Martin Pina Rodrigues, Vice-Presidente do SindilojasRio.

Além dos citados estiveram presentes à homenagem o Vice-Presidente de Relações Institucionais do SindilojasRio, Roberto Cury; o Presidente da Liga da Defesa Nacional, Pedro Ernesto; o Gerente Regional da Caixa Econômica, Augusto César Mota de Souza, além de autoridades civis e militares, empresários do comércio e representantes de entidades empresariais.
 
 
 
 
Página: « 1 2 3 4 5 6 7 8 9 »
 
Contribuições
Obrigações do Mês
Associe-se
Convênios
 
Revista
 
 
         
 
   
Sindilojas Rio
Telefone

Rua da Quitanda, 3 - 10º, 11º e 12º andares
Centro Rio de Janeiro RJ
CEP 20011-030